segunda-feira, 4 de abril de 2011

Novo Poema: Palavras de vida e morte

Olá Raios de Sol,



Alimentação:         50%
AF:                         50%
Paz de Espírito :                100% 


O dia hoje foi regular....


Bom mas vamos lá

Um novo poema saindo do forno e chegando aqui.....eu amo escrever claro que preciso me aperfeiçoar, mas isso vai ser só depois de concluir a faculdade....vamos lá,,,,


Palavras de vida e morte 




Não sou dona das palavras 
Elas escorregam da minha mão 
Me fazem um ser melhor 
São arrancadas do meu coração 


Não sou dona da minha fala 
Mas dona da boca sou 
Ou à uso para alegrar-te 
Ou calada estou 


Quando escrevo busco inspiração na vida 
Na sua alegria, em seu suspiro 
No balanço do galho movido pelo vento 
E assim é a vida um constante movimento 


E no decorrer da vida 
É possível viver só?
Sei que muitos pensam isso 
E desses eu tenho dó


E com a morte ,eu aprendi
Que até mesmo neste momento de solidão 
Eu preciso da vida do próximo 
Para carregar o meu caixão


Autor: Bruna Amâncio 


____________________________________
Beijos  mil  

9 comentários:

Michele Diniz disse...

Que lindo Bruna, temos uma poeta em potencial eim...eu tambem tenho variooos poemas guardados de minha autoria, qq dia ponho aqui no blog..bjs
www.desafiopessoal.blogspot.com

Anna disse...

lindp poema amiga
adorei Bruna vc tem talento flor
parabe´ns

Maria disse...

Que lindo amiga, vc escreve muito bem!!bjos e uma linda semana!

Lisi disse...

Oiiiiiii
que lindo esse poema!

AMEI

Beijão

Daniele disse...

Que lindo Bruna! Amei o poema.

Eu escrevo algumas coisas, faz um tempinho já, mas poucas pessoas lêem, eu sou tímida e acabo não publicando.

Amei!

Beijos

Carolina C. disse...

Muuuuito bom , e no final foi até que engraçado, você é muito boa com as palavras !

adoreeeei a foto !

Beijos e boa semana !

RAFAELA O. SAHIB disse...

Bru, vc escreve muito, adoro, são lindos seus poemas...
Fiquei feliz de ver que voltou ao rumo e ja conseguiu voltar a eliminar... Mts bjsss e torço muito por vc.

medidas a menos disse...

lindo o seu poema, parabéns, e se hoje foi regular amanhã melhora, nós somos assim mesmo, cheias de altos e baixos, mas com garra pra lutarmos pelo melhor sempre
bjos
Iris

Zilma Carvalho disse...

ola florzinha!!!!obrigada por ter passado por aqui, parabens seu poema é lindo.quanto ao desafio vc me dá muita inspiração beijossss