terça-feira, 16 de agosto de 2011

OBESIDADE BANDIDA



Obesidade Bandida 

Ela vem devagarzinho
a gente nem percebe
vem nos tomando a vida
de quilinho em quilinho

Não sentimos nada ao
não ser o gosto das calorias
Aprendemos a comer mais
cada dia e cadê a balança
nada só comilança

Se alguém tivesse me dado um aviso
que nada muitos amigos notaram
e me falaram
mas de nada adiantava
só queria comer e mais nada

E hoje e a minha vida
oque aconteceu?
Onde estou ?
Olho no espelho vejo
Outra pessoa

Ela mora na minha casa
Pior dentro de mim...
Mas eu não sou ela
mas ela sou eu

Me olho no espelho
tento me achar , os
mesmos olhos
Mesmo cabelo
Mas não sou eu
Que desespero

Mas olhei no espelho
mais uma vez
e avisei para ela
Eu não te conheço
E nunca te aceito
Hoje é o dia do recomeço

Autora: Bruna Amâncio


BEIJOSSSSSSSSSSS

4 comentários:

Bruna Melissa disse...

Amigaaaaaaa vc me descreveu nesse post amei mesmo
BJUSS

Cris disse...

oiiii!
que legal seu texto, bem realista...
otima semana...

Ana Carla disse...

Não sabia que vc é poeta! Que legal! E o seu peso, mamãe, a quantas anda? Seu obstetra tá feliz?

Kéca disse...

oi bruna adorei o texto, mas me fala como vc está?? e o baby?? manda noticias
beijos